01

Neste fim de semana vamos mergulhar nos olhos azuis, ops, nas obra literária de Chico Buarque. Vamos começar a ler “O irmão alemão”, novo livro do cantor, compositor (e muso), editado pela Companhia das Letras.

Entre os anos 20 e 30 não só Paris era uma festa, mas Berlim também vivia uma época de ouro que comportava vanguardas artísticas, grandes pensadores e cabarés. E foi embalado neste perfume que o historiador e intelectual brasileiro Sérgio Buarque de Holanda, pai de Chico, viveu trabalhando como correspondente de um jornal brasileiro.

02

Anos mais tarde um jovem Chico descobriria que esses anos deram um fruto, um irmão alemão, jamais conhecido ou encontrado, sequer procurado.

Essa busca se torna o fio condutor da obra, que combina a história do Brasil e da Alemanha, com uma boa dose de ficção, tendo como ponto de partida um episódio real da vida do autor.

Ficou curiosa, mas achou que bom mesmo seria ouvir a história contada pela voz do autor? Ele narra um trechinho aqui:

Vamos passar o fim de semana de pés para cima, e muito bem acompanhadas!

 

trabalhe-conosco_blog

Quer fazer parte da nossa equipe? Estamos com vagas abertas.

RIO DE JANEIRO

  • Assistente de Vitrine
  • Local: São Cristóvão.
  • Desejável experiência na área.
  • Estágio em Logística.
  • Local: São Cristóvão.
  • Cursando Engenharia de Produção ou Logística a partir do 6º período.
  • Excel avançado e Power Point Intermediário.
  • Horário: 12h às 18h.
  •  Vendedora.
  • Local: Shopping Leblon, Ipanema 2000, BarraShopping e Plaza Niterói.
  • Caixa.
  • Local: Zona Sul e Nova América.

SÃO PAULO

  • Vendedora.
  • Local: JK Iguatemi, Shopping Villa Lobos e Market Place.

MARINGÁ

  • Vendedora.
  • Local: Catuaí Shopping Maringá.

 

***

Se interessou por alguma vaga? Envie seu currículo para rh@mariafilo.com.br colocando no assunto o cargo + local desejado. Boa sorte!

A Capital de Portugal fica a beira do rio Tejo e de onde partiram as caravelas português nos século XV e XVI rumo ao Oriente. Nessa época das descobertas a cidade se tornou centro de um vasto império que deixou suas marcas visíveis no bairro de Belém. Cidade de bairros históricos e tradicionais e vistas magnificas. Venha conhecer um pouco de Lisboa!

base largura blog

Em pleno coração de Lisboa, na praça Luis De Camões, aos pés do boêmio Bairro Alto e ao lado do cosmopolita Chiado, o Bairro Alto Hotel mistura bem a arquitetura contemporânea com o estilo clássico português com suas acolhedoras e modernas instalações. Um destaque é o terraço do hotel, com linda vista para as sete colinas e perfeito para degustar a famosa ginjinha, bebida típica da região.

01_OK

Look para curtir o happy hour no terraço do hotel:

FacaSuaMala01

Do aclamado chef Olivier, dono de vários restaurantes em Lisboa –  Avenida, Honra e Guilty entre outros – o K.O.B. (Knowledge of Beef)  tem especialidade em carnes, de preferência a carne maturada, ou seja, envelhecida em um ambiente controlado, o que a torna mais macia e mais saborosa. Tudo conta, desde onde os bois dormem, como crescem e o que comem. O menu é dividido por países, raças e tempos de maturação. Só de pensar já nos deixa com água na boca. Como a especialidade do país são frutos do Mar, o restaurante é o lugar perfeito para matar as saudades do nosso bom churrasco.

02_OK

Look para jantar:

FacaSuaMala02

O que fazer:

Não deixe de passear pelo bairro do Chiado, centro cultural e comercial da cidade. Com uma grande variedade de lojas e cafés, lá é o ponto de encontro de pessoas durante o dia, enquanto os teatros, bares e restaurantes ficam badalados durante a noite.

03

Pelo lado cultural, a visita imperdível é o histórico bairro de Belém, onde se encontram monumentos arquitetônicos típicos portugueses, como o Mosteiro dos Jerônimos e a Torre de Belém – além, é claro, de dar uma paradinha para degustar o famoso pastel de Belém.

Look para passear pela cidade:

FacaSuaMala03

É fazer as malas e visitar a terrinha!

***

banner

As autoras do Art of Travel são Julia Duvivier e Mari Sanson, consultoras de viagens e especialistas em roteiros personalizados.

www.artoftravel.com.br
Instagram: @art_of_travel
Facebook: Art of Travel

That ’70s Show

Os anos 70 voltaram com tudo, você deve ter ouvido por aí. Mas a verdade é que nunca deixamos de amar vários ícones da década como a calça boca de sino (que ganhou novos contornos como Flare), vestidos longos e esvoaçantes, prints exagerados e formas lânguidas.

01

Porém se as marcas mais bacanas mostram sua releitura da década, o museu da FIT, Fashion Institute of Technology de NY exibe a expô YSL + Halston: Fashioning the 70s, uma super retrospectiva da moda criada por dois dos maiores ícones da década.

A exposição propõe um diálogo entre o francês Yves Saint Laurent e o americano Halston, reis do estilo e da elegância que regeram a era das discotecas.

02

Enquanto Halston dominava a cena de NY e vestia todas as musas do Studio 54 com seu estilo minimalista e sensual, o francês revolucionava a moda com a criação do Le Smoking, suas cores exuberantes e referências exóticas.

03

Cerca de 80 criações dos dois estilistas compartilham o espaço mostrando suas diferenças e semelhanças, sempre com um grande ponto em comum: as transformações que causaram no mundo da moda.

Não é à toa que vivemos de olho nos 70´s!

De carona no aniversário da cidade maravilhosa, vamos celebrar a beleza do Rio de Janeiro, mas por um ângulo diferente.

Vamos encontrar uma cidade crua, nua, exótica, selvagem e estonteante através do olhar de um francês apaixonado. Trata-se da obra deixada por Marc Ferrez, que retratou as belezas da cidade como nenhum outro, num momento em que o Rio passava por um importante processo de reurbanização.

08

Enquanto a cidade crescia pelo centro, ganhava estrutura e movimento, encontramos uma Copacabana deserta, uma Baía rústica, pouco explorada, um litoral paradisíaco e ao mesmo tempo ignorado por uma sociedade que ainda não tinha caído de amores pelo mar. Não sabiam de nada!

10

Apesar de apaixonado pela paisagem de nossa cidade, Marc Ferrez tirou importantes retratos da família imperial brasileira, incluindo uma memorável série com a princesa Isabel no Palácio das Laranjeiras. Mas a princesa não dava nadica para carreira de modelo.

09

Modelo mesmo, para ele, era o nosso Rio, que cresceu, subiu morros, ganhou prédios, estrutura e novos contornos, mas não perdeu nem um tiquinho de sua beleza. Viva o Rio!