Chegada ilustre

Linha Festa 1

Dilema de look de fim de ano resolvido. Com o glamour das celebrações de fim de ano à vista, a Linha Festa chega às lojas para iluminar você. Apostando em opções que vão do mídi ao longo, as produções vão roubar todos os olhares. O tricô desponta como ponto alto da edição, com tramas sofisticadas e ar de roupas criadas num tear.

Linha Festa 2

Destaque para a saia rabo de peixe, que cai na rede e aparece numa versão com tricô rendado. Digna de uma sereia urbana, a peça compõe perfeitamente com a blusa com detalhe de argola ou com a gola em V que exalta o charme do mood artesanal chique.

Aposte na Linha Festa e é só brindar. Pronta para brilhar?

Felicidade estampada

pedro salomão 2

Fotos: acervo pessoal

Como diz Martinho da Vila, quem é do mar não enjoa, quem é do samba vai até o sol raiar. Não à toa, o artista foi como uma porta de entrada para Pedro Salomão se apaixonar pelo estilo musical mais brasileiro que há. É entre o batuque cadenciado e mergulhos salgados diários que o criador da Rádio Ibiza – que faz curadoria de trilhas-sonoras para diversas marcas – encontra a paz de espírito.

Mas não é só isso que move o sagitariano. Estampado, colorido, portelense e lutador de jiu-jitsu, ele lançou neste ano o livro “Empreendendo Felicidade”, no qual defende que a felicidade é estratégica. Pedro explica: quando está feliz, faz os outros felizes. Seja o porteiro, os companheiros de trabalho, os clientes ou a esposa. Falando nela, o empreendedor conta que a amada é uma das muitas mulheres que o rodeiam. Com duas irmãs e duas primas-irmãs, o time feminino está prestes a crescer. Seu filho Bento, de quase 3 anos, vai ganhar uma irmã em janeiro, a Maria. E ele quer mais: “Quatro filhos”, conta ele.

É muita paixão por gente!

pedro salomão 6

Fotos: acervo pessoal

Como surgiu a ideia de fundar a Rádio Ibiza?
A rádio surgiu em 2006, a gente começou a perceber que o mercado de comunicação passava por uma transformação, estava mais ligado ao ponto de venda. O de música, especificamente, tinha cada vez mais compartilhamento, download de música. Vimos que havia uma oportunidade ali. O consumidor tinha um conhecimento maior de música, que se ganhou abundância como produto e ferramenta de comunicação. Então pensamos: “Vamos ser a 1ª agência de música do mundo”. Com uma nova geração incluída digitalmente, as marcas precisavam saber como se comportar musicalmente. Ninguém tinha feito isso no mundo, fomos pioneiros. Então foi difícil, porque não tínhamos referência. Montamos um time plural e usamos nossos cases para criar nossa literatura.

Como é esse trabalho de entender cada cliente?
Todos os inputs que recebemos do cliente são válidos. A moda dá muitas possibilidades com temas e coleções, cápsulas. Até tecido, história da marca. Tudo é leitura de música. Nos preocupamos com o que a marca tem que apresentar como identidade. É um trabalho de marca.

Por que o nome da rádio é Ibiza?
É um nome brasileiro, mas amplitude mundial. Queríamos popularizar a ideia porque é uma rádio. Meu sócio sugeriu “Ibiza”, porque a cidade é referência em música, tem uma vida diurna também. Mas o curioso é que nós só fomos conhecer Ibiza há 4 anos. Gostamos!

pedro salomão 4

Fotos: acervo pessoal

Qual é o papel da música na sua vida?
Eu adoro samba. Muito do meu entendimento pela vida veio pela música. Sou playboy da Zona Sul, sempre fui exceção por gostar de samba. Minha mãe me apresentou samba muito cedo, entrei no samba pelo Martinho da Vila, depois veio o Partido Alto do Aniceto do Império. Eu era muito novo, aos 14 anos frequentei muito a casa da Beth Carvalho. Conheci Fundo de Quintal, Zeca Pagodinho, vi a nova geração nascer, Diogo Nogueira, Mart’nália. Hoje faço projetos de curadoria de samba. A música pontua muito minha personalidade, me levou ao subúrbio. As cadeiras na calçada, o calor humano, tudo isso valoriza a humanidade. Isso vem do que o samba me mostrou. Reforça meu DNA brasileiro, carioca.

Quais são seus cantores/bandas favoritos?
Martinho da Vila, Luis Melodia, Jorge Aragão, Beth Carvalho, Ivone Lara, João Nogueira, Zeca Pagodinho, Fundo de Quintal, Simonal, Ney Matogrosso…

O que é fundamental para criar um negócio bem-sucedido, além de uma boa ideia?
Paixão por gente. Não se cria mais nada sem o compromisso com a felicidade. A felicidade é estratégica. A nova geração não quer fazer mais nada que não a faça feliz. O novo formador de opinião não é preocupado com o futuro. Ele consome o que acredita ser verdadeiro. A marca que comunica felicidade de maneira não natural morre. E o funcionário tem que estar em primeiro lugar. Ele não vai fazer as pessoas felizes se não estiver feliz. Não existe mais espaço para uma ideologia retrógrada, hierarquicamente imposta. Quero uma equipe de pessoas felizes. Uma pessoa feliz entende o outro.

pedro salomão 1

Fotos: acervo pessoal


O que é felicidade para você?
Felicidade é você se sentir feliz fazendo o outro feliz. O conceito macro da felicidade é cuidar do outro. O bem que eu faço é para mim quando me preocupo em fazer o porteiro, a empregada e seus funcionários felizes. Estar com meu filho é felicidade, mergulhar no mar, o samba, o Rio. 

Você acredita em um estilo de vida diferente. Como a liberdade influencia nosso dia a dia?
Nem todo mundo pode programar o dia da maneira que gostaria. Acredito que estamos numa época cheia de conflitos. Estamos num momento de autoconhecimento. Todos nós queríamos ter mais tempo. Mas usamos mal o tempo. Damos pouco valor ao tempo. A maior caridade que podemos fazer para o mundo é doar nosso tempo. Só assim a gente aprende a dar valor ao ser humano. Temos que ressignificar o tempo, a intensidade das coisas que fazemos. Valorizar a oração, a fé, a família. Tem alguém querendo falar? Escuta.

O que suas roupas têm a dizer sobre você?
Minhas roupas são totalmente meu mood. Fui criado com mulher a vida toda, nunca tive referência masculina. A sensibilidade para a moda veio disso. Tenho um estilo meu, gosto do que reproduz minha verdade. Adoro flor, receber flor, cuido de planta. Poder sair de floral tem muito a ver comigo. Gosto da combinação das cores do Rio, o azul do outono, a cor do sol nascendo e se pondo. O azul da Portela. O vermelho do Flamengo. Sou a cara do Rio, gosto de linho amassado, da leveza da alpargata. E sempre estou com uma sunga por baixo da roupa, pronto para um mergulho no mar.

pedro salomão 5

Fotos: acervo pessoal

Sem dar um mergulho na praia todo dia, você…
Dou meu mergulho faça chuva, faça sol. Mergulhar de manhã é sagrado, terapêutico. Virei viciado. Sou do sol e do mar. Moro numa cobertura, nunca tomei banho no banheiro, só na varanda. Gosto da água gelada.

Você é muito alto-astral. Algo te deixa triste?
Avanço de sinal me tira do sério. Acho estupidez, agressividade. Tenho vontade de ir com uma pedra atrás do cara. Covardia também me deixa muito chateado, me foge ao controle. Ver alguém gritando com o outro, não acredito em poder e hierarquia. Não consigo achar que ninguém é melhor que ninguém. Quando estou com meu filho me controlo mais. O Flamengo me deixava chateado, mas agora melhorei. Estou com outras prioridades.

Você se imagina morando em outro lugar do mundo?
Nunca. O Rio é um vício.

Passe por aí

todo bem

Foto: www.waarmakers.nl

O lixo de alguém pode ser o tesouro de outra pessoa. É só olhar ao redor, apostamos que por aí tem diversas coisas interessantes sem uso, apenas ocupando um espacinho qualquer da casa ou da alma.

E que momento melhor para fazer uma bela limpa do que o fim de ano? É tempo de separar aqueles objetos, livros, brinquedos e roupas em bom estado e passar adiante para alguém que vai amar.

Na correria dos dias as coisas vão se acumulando, quase todo mundo tem em casa um saco esperando para ser doado. Pensando em aumentar a vida útil de um monde de objetos e evitar que eles se percam no lixo comum, o designer holandês Simon Akkayateve teve uma ideia muito simples, mas bem bacana.

Ele criou uma sacola transparente chamada Goedzak que informa que por ali tem conteúdo prontinho para ser reaproveitado, além de deixar as coisas visíveis e protegidas, prontinhas para serem levadas por quem precisar. A ideia está sendo disseminada como projeto piloto em cidades da Holanda, e nós achamos que ela tem tudo para “pegar”.

Às vezes grandes mudanças começam com uma ideia bem simples, não é verdade?

Beleza real

por aí 1

Fotos: Peter Lindbergh/divulgação

Modelos perfeitas clicadas pelos mais importantes fotógrafos do mundo em cenários arrebatadores, muita sensualidade e glamour. Esse é o calendário Pirelli, que todos os anos se supera. 2017 não será diferente: conhecido como “The Cal“, o calendário da marca de pneus italiana apresenta fotos com um olhar bem mais natural do que nos outros anos.

por aí 3

Fotos: Peter Lindbergh/divulgação

No ano que vem, a versão do calendário que começou a circular em 1964 traz algumas das mais belas e famosas atrizes de Hollywood. Entre elas, Helen Mirren, Kate Winslet, Nicole Kidman, Robin Wright, Uma Thurman, Alicia Vikander, Juliane Moore, Rooney Mara, Penelope Cruz, Jessica Chastain, Lupita Nyong’o, Charlotte Rampling e Lea Seydoux.

por aí 2

Fotos: Peter Lindbergh/divulgação

Sim, um time de tirar o fôlego, mas o mais bacana é que o fotógrafo Peter Lindbergh resolveu clicá-las sem grandes produções, efeitos de cabelo e maquiagem. E o mais importante, sem retoques. As celebridades estão livres e cruas mostrando a beleza real e as imperfeições que habitam até as mulheres mais fantásticas do mundo.

Achamos o resultado simples e ao mesmo tempo arrebatador. E você?

No seu lugar

décor 3

Fotos: decordemon.blogspot | Haper’s Bazaar | The Guardian


Não é novidade que somos apaixonadas por encher nossa casa com vasinhos de planta. Depois de colecionar suculentas, cactus, flores, temperinhos e samambaias, que tal ideias para lá de originais para organizar e manter todo o verde ainda mais bonito?

Uma das nossas ideias preferidas é o jardim suspenso, que reúne muitas possibilidades. Não tem faltado boas sugestões para manter pequenos vasos nas alturas: um suporte de madeira ou cerâmica, cordas e armações de crochê ou macramê estão entre nossos favoritos para um ar bem natural.

décor 2

Fotos: Curate and Display | mustaovi.blogspot

Vale usar também peças que não andam tão bem aproveitadas pela casa, uma escada ou uma banqueta podem virar o abrigo ideal para os seus vasos preferidos. E o melhor, conseguem mudar totalmente a cara de qualquer ambiente.

Móveis antigos batem um bolão, uma mesa de madeira pode ganhar leveza se recheada de vasinhos, um carrinho de bar leva doses de alegria para qualquer canto e uma cômoda ganha vida nova com as plantas. Vale até aproveitar as gavetas.

décor 1

Foto: Ikea

E não economize quando o assunto é planta. Quanto mais… melhor!