A cores

Amélie

Imagem: https://twitter.com/cinemapalettes

Um filme pode ser memorável pelo roteiro, pelo elenco incrível, por uma locação inesquecível e principalmente por tudo isso junto. Mas às vezes um longa entra para sempre no nosso imaginário pelas cores que passeiam entre as cenas, com tanta harmonia que nem percebemos.

Edward Mãos de Tesoura

Imagem: https://twitter.com/cinemapalettes

E embora a gente não pense de imediato nisso, a beleza que envolve a escolha da cartela de cores pode transformar toda a experiência do filme. É o que prova @cinemapalettes, uma conta no Twitter que traz uma análise detalhada dos tons que definem algumas das nossas obras cinematográficas preferidas.

Encontros e Desencontros

Imagem: https://twitter.com/cinemapalettes

Entre eles “Hotel Budapeste” e sua coleção de rosas, os tons pastéis com perfume de conto de fadas de “Edward Mãos de Tesoura”, os tons frios de Encontros e Desencontros, os tons terrosos de “Amélie Poulain” e o solar “Moonrise Kingdom”, também de Wes Anderson, um craque em filmes belamente coloridos.

Hotel Budapeste

https://twitter.com/cinemapalettes

Mas o melhor é que desperta o desejo de assistir de novo todos eles!

Para meninas e mulheres

História de ninar para garotas rebeldes

Imagem: reprodução/divulgação

Para as mães e para as filhas, para crianças e para as grandinhas, para mulheres como eu e você, esse livro que acaba de ser lançado no Brasil merece muito a leitura. E a releitura, sempre. Afinal, não faltam inspirações em suas páginas.

“Histórias de ninar para garotas rebeldes” é uma criação de duas italianas, que andavam cansadas de contos infantis cercados de princesas desprotegidas à espera de um príncipe encantado. Esse está longe de ser o exemplo que seguimos e que queremos dar às nossas meninas, que crescem cada vez mais cercadas por mulheres fortes.

História de ninar para garotas rebeldes

Imagem: reprodução/divulgação

O livro apresenta uma coleção de mulheres reais incríveis, que em áreas como arte, ciência, ativismo social, moda e esporte fizeram e ainda fazem a diferença. Entre elas, estão Frida Kahlo, Coco Chanel, Malala e até Cleópatra, que marcaram e revolucionaram a história.

As brasileiras não podiam ficar de fora. Também estão no livro a surfista de ondas gigantes Maya Gabeira e a poetisa Cora Coralina. Embora saibamos que ainda existem muitas outras memoráveis, nos sentimos bem representadas. E você?

História de ninar para garotas rebeldes

Imagem: reprodução/divulgação

Para passar o fim de semana com pés para cima e bem acompanhada!

Ele voltou!

Um príncipe em NY

Imagem: reprodução

E eis que dia desses uma notícia nos pegou de surpresa e já estamos por aqui de dedos cruzados. Já faz tanto tempo que ninguém mais esperava, mas nem por isso foi menos bacana saber que vai rolar a continuação de um dos nossos filmes preferidos dos anos 80.

Pois Eddie Murph anunciou que já está em produção a segunda parte do delicioso “Um Príncipe em NY”, de 1988. O longa marcou toda uma geração com as aventuras de um príncipe africano, que deixa seu estilo de vida hedonista para experimentar a vida de plebeu da Big Apple.

Um príncipe em NY

Imagens: reprodução

A notícia saiu no Twitter de Murph e pegou até o elenco de surpresa, mas é oficial, então nos resta esperar. E promete!

Song to song

Por aí 2

Foto: divulgação

O diretor Terrence Malick vem se tornando uma lenda do cinema mundial. Não é à toa: o diretor não está para brincadeira, ele só produziu 8 filmes ao longo de praticamente 40 anos, mas todos considerados obras-primas.

Malick não economiza em cenas de tirar o ar de tanta beleza, temas filosóficos e elencos de estrelas que não se reúnem facilmente.

E quando vimos que acabaram de sair imagens exclusivas do seu novo filme, Song to Song, não nos surpreendemos com nomes como Ryan Gosling, Rooney Mara, Michael Fassbender e Natalie Portman reunidos no elenco.

Mas a cereja do bolo são os teasers do novo longa: foi compartilhado um vídeo com uma canja da cantora Likke Li e de Ryan. A dupla interpreta um casal de ex-namorados que canta a música “It’s hurts to be alone”, do Bob Marley. O pequeno clipe surgiu logo após a divulgação de outro teaser que mostra uma linda cena de Patti Smith com Rooney Mara.

Não sabemos quando o filme será lançado por aqui, mas já estamos na fila!

Para olhar e ler

Décor 1

Imagens: domino.com

Que selfie que nada, a onda agora é tirar um belo “shelfie”, uma foto que ostente toda a beleza da sua bookshelf. Ou em bom português, uma selfie da sua prateleira de livros. Virou mania mostrar toda a variedade, as cores e possibilidades de uma bela prateleira recheada de ótimos livros, daquelas que pedem uma cadeira confortável, uma xícara de chá e uma tarde inteira do lado.

E uma boa prateleira, claro, tem que ter a personalidade da dona, os livros que você ama, os livros herdados, os que te acompanham desde sempre e até um ou outro daqueles que a gente jura que um dia vai ler.

Décor 2

Imagens: domino.com

Mas não só, entre eles uma e outra plantinha querida, de preferência suculentas que são mais resistentes a pouca água e ao tempo, ou plantas pendentes, que tem um efeito lindo na estante. Também vale aproveitar o espaço para colocar objetos interessantes, fotos antigas, quadros, pequenas coleções, cerâmicas e relíquias de viagem.

A própria “shelf” pode ter um formato criativo, podendo ser um banco de madeira antigo, prateleiras independentes, ou até uma escada, por que não? O importante é que os livros queridos estejam perto dos olhos. E que sua coleção de ótimos livros não pare de crescer jamais!