Para chamar de sua

Décor

Fotos: At Mine | Standshem

Uma casa com quintal, uma horta, um jardim florido com passarinhos cantando, uma lindeza e infelizmente um sonho cada vez mais difícil nas grandes cidades. Mas nós já nos daríamos por satisfeitas com uma bela varanda simpática, quem não?

E por menor que seja, sempre é possível aproveitar o espaço de maneira esperta e fazer da sua varanda seu quintal dos sonhos. Se for bem apertada mesmo, vale ceder todo espaço às plantas, elas contribuem com uma casa perfumada, com beija-flor voando.

Décor

Fotos: Nooks | Histórias de casa

Plantar ervinhas para usar no dia a dia também é uma ótima ideia, pequenos vasos com alecrim, manjericão, lavanda, coentro, o que você quiser, e também flores coloridas e resistentes, como margaridas e gerânios. Vale saber a posição do sol e como se comportam as plantas de acordo com a luz do seu apartamento.

Com um pouco mais de espaço, nem pense duas vezes, uma cadeira bem confortável para espairecer e aproveitar a vista, se couber uma rede melhor ainda, um livrinho, uma xícara de chá e uma taça de vinho. Pronto, não conseguimos imaginar outro paraíso. Aproveite!

Jardins suspensos

6 - 18

Fotos: www.designrulz.com | @houseplantdiary

Perfeito para apartamentos e espaços pequenos, vasos dispostos em estantes ou pendurados em belos suportes de macramê são o suporte perfeito para liberar espaço útil. Além disso, conferem charme e revelam uma nova perspectiva para o uso e decoração do espaço aéreo em ambientes internos.

9

Foto: www.designrulz.com

Explorar diferentes alturas para posicionar os vasos dá tridimensionalidade, enquanto empresta ar criativo e movimento aos espaços. Na escolha das espécies, o ideal é dar preferência às adaptadas a lugares mais sombreados e apostar em folhagens surpreendentes.

12 - 13

Fotos: Etsy

Eis as nossas preferidas:

– Avenca (Adiantum raddianum)

– Carrapatinho (Peperomia rotundifolia)

– Columeia (Columnea gloriosa)

24

Foto: haarkon_

– Columeia-peixinho (Nematanthus wetsteinii)

– Dedo-de-moça (Sedum burrito)

– Dinheiro-em-penca (Callisia repens)

– Falsa-violeta-africana (Streptocarpus saxorum)

– Hera (Hedera helix)

– Lágrima-de-bebê (Soleirolia soleirolii)

– Trapoeraba-roxa (Tradescantia zebrina)

28 - 24

Fotos: @haarkon_

– Peperômia-filodendro (Peperomia serpens)

– Planta-alumínio (Pilea cardierei)

– Planta-vela (Plectranthus coleoides)

– Quaresmeira-rasteira (Schizocentron elegans)

– Ripsális (Rhipsalis baccifera)

– Rosário (Senecio rowleyanus)

– Samambaia-azul (Polypodium aureum)

30 - 27

Fotos: haarkon_

– Samambaia-chorona (Nephrolepis pendula)

– Samambaia paulistinha (Nephrolepis pectinata)

– Trapoeraba (Tradescantia pallida)

– Véu-de-noiva (Gibasis pellucida)

Flores de outono

Diga sim

Foto: Green Wedding Shoes

Uma das partes mais deliciosas da preparação de um casamento, é sem dúvidas, pensar as flores que vão colorir e ornar a festa. Essa pode ser uma tarefa difícil, uma vez que muitas delas permeiam nosso imaginário, mas nem todas são facilmente encontradas em qualquer estação do ano.

Diga sim

Foto: Green Wedding Shoes

Por isso é bacana pensar em flores e combinações de acordo com a época da festa, para garantir que elas estejam frescas e com valores mais acessíveis. É sempre possível encontrar importadores e decoradores que podem conseguir aquela flor impossível em qualquer estação, mas também é legal se garantir com o que é mais prático de acordo com o clima. Afinal, cada flor tem sua beleza.

Diga sim

Fotos: Etsy | Daily Dose of Stuf

Uma boa ideia é aproveitar que estamos no outono para uma decoração repleta de folhagens, sementes e galhos. Para isso, você não precisa abrir mão das flores da estação. Aproveite para colorir e perfumar sua festa com angélica, gérbera, boca de leão, alstroeméria, gardênias, margaridas, azaleias, rosas, orquídeas e orquídeas catleyas, todas elas estão em seu auge.

Diga sim

Foto: Green Wedding Shoes

Lembrando que no nosso país tropical tem sempre flores e folhagens que florescem o ano inteiro e que sempre podem cair bem numa mistura elegante. As possibilidades são muitas e todas prometem, aproveite!

Grandes amores

Grande amores

Fotos: Andy Seliverstoff

Semana passada falamos sobre como é bom ter um novo membro na família, mostrando uma campanha bacanérrima sobre adoção de pets na Índia. Não resistimos e continuamos no mesmo tema, mas sob um outro ângulo.

Hoje trazemos o afeto às vezes surpreendente entre grandes cães e seus pequenos donos, a amizade e a cumplicidade entre os pequenos e seus “cãezinhos” gigantes.

Grandes amores

Fotos: Andy Seliverstoff

Muitas vezes pensamos como os animais que já habitam a casa há muitos anos vão reagir a chegada de um bebê, mas o ensaio do fotógrafo russo Andy Seliverstoff desmitifica o tema, mostrando que eles criam desde muito cedo laços estreitos.

Grandes amores

Fotos: Andy Seliverstoff

O convívio com bichinhos de estimação pode reduzir o estresse, a depressão e até os riscos de problemas cardíacos. Alie tudo isso a muita diversão e pense no quanto esse convívio pode ser saudável e delicioso.

Grandes amores

Fotos: Andy Seliverstoff

“Little Kids and Their Big Dogs” já ganhou até um segundo volume de tantas e tão lindas histórias de amor e amizade que tem para contar. Quem não queria viver uma?

Arte verde

Inhotim

Foto: www.topensandoemviajar.com

Aberto oficialmente ao público em 2006 pelo colecionador Bernardo Paz, o Instituto Inhotim é um dos mais importantes acervos de arte contemporânea do Brasil. Construído dentro da fazenda do seu fundador, em Brumadinho (MG), ganhou título de maior museu a céu aberto do mundo. 

Inhotim

Foto: rioarttours.org/art-trip-to-inhotim-park

De toda a área ocupada,  apenas 140 hectares estão abertos à visitação e aproximadamente 145 correspondem a uma área reconhecida como Reserva Particular do Patrimônio Natural Inhotim (RPPN), localizada dentro do bioma mata atlântica. A relevância dos jardins do Inhotim vai tão além das suas qualidades estéticas que, em 2010, o instituto recebeu a chancela de Jardim Botânico.

Inhotim

Fotos: luigginomundo.com | topensandoemviajar.com

A preocupação estética na disposição do acervo botânico dentro da área de visitação é representada em grande parte por espécies com valor paisagístico. A introdução de plantas raras são estrategicamente usadas para sensibilizar os visitantes em relação à importância da biodiversidade.

Inhotim

Fotos: topensandoemviajar.com

Em números: são pouco mais de 4.200 espécies de plantas, representantes de 953 gêneros, distribuídos por 181 famílias botânicas e pertencentes a 52 ordens diferentes, que fazem desta coleção a maior entre todos os jardins botânicos brasileiros. Destaque para a coleção de palmeiras, uma das relevantes do mundo, contando com  mais de 20.000 indivíduos representantes de 1.400 espécies diferentes. Além delas, os mais expressivos acervos botânicos são as de aráceas e orquídeas, em segundo e terceiro lugar, respetivamente.

Inhotim

Fotos: www.skyscrapercity.com | melhoresdestinosdeviagens.com

O lugar conta com extensas áreas de espelhos d’água refletindo toda essa beleza. Agora, imagine tudo isso servindo de cenário para um monte de instalações artísticas e ainda se comunicando com elas. Arte e paisagem em contato e harmonia, convidando você a participar dessa rica troca.